Senador Omar Aziz pede ao presidente Bolsonaro revogação de ato que atinge Polo de bicicletas da Zona Franca de Manaus

O senador Omar Aziz enviou carta ao presidente Bolsonaro pedindo que seja cancelada a redução de alíquota do Imposto sobre a Importação (II) para o setor de bicicletas que, segundo observa, vai extinguir cinco mil empregos diretos e indiretos no polo de duas rodas da Zona Franca de Manaus. “São as vidas de cinco mil pais e mães de família. Repense essa medida e nos dê fôlego que precisamos para manter os empregos e a renda que nos ajudará a superar a crise”, explicou Omar ao presidente.

A carta:
Senhor presidente, o Amazonas passa pelo pior momento de sua história. Estamos perdendo duas mil vidas por mês, desde dezembro, em média, por conta de uma doença que atinge nossos pulmões e nos tira o oxigênio. Não são números, índices ou percentuais que representam essa informação: são vidas humanas.
Cabe a nós, que somos gestores públicos, ter sensibilidade e bom-senso. São posicionamentos baseados nesses dois alicerces, bem como na coragem e na inteligência, que marcam o legado dos políticos e grandes homens.
A Camex, com a redução da alíquota de impostos para o setor de bicicletas, sufoca ainda mais o Amazonas, extinguindo cinco mil empregos diretos e indiretos. A Camex está tirando renda de famílias amazonenses para beneficiar a China, local de origem do vírus letal que está tirando a vida de brasileiros amazonenses.
Mais uma vez digo, senhor presidente, não são cinco mil empregos. Não são apenas estatísticas frias. São as vidas de cinco mil pais e mães de família.
Nesse momento, o Amazonas não suporta mais essa asfixia. Repense essa medida e nos dê o fôlego que precisamos para manter os empregos e a renda que nos ajudará a superar essa crise.

Close