‘Nunca poderia imaginar’ diz General Mourão ao ser homenageado por magistratura do Amazonas

O vice-presidente da República, general Hamilton Mourão (PRTB) recebeu na manhã desta quinta-feira (2), durante Cerimônia Virtual a Medalha do Mérito Acadêmico da Escola Superior da Magistratura do Amazonas (Esmam) e revelou que nunca imaginou receber a honraria da Magistratura amazonense.

De acordo com o Vice-Presidente da República, receber uma medalha sempre o deixa feliz e extremamente confiante no trabalho que vem sendo realizado ao longo da vida.

“Durante minha trajetória militar, de 46 anos, foram inúmeras as medalhas que eu recebi. O que queria deixar claro que ser agraciado pela Magistratura do Amazonas é algo que eu nunca poderia imaginar, que me toca profundamente pelas belas palavras do Ministro Mauro Campbell colocou aqui sobre o trabalho do meu avô, não só como operador do direito, como promotor de Justiça, mas principalmente, um magistrado desse tribunal e foi um defensor intransigente da supremacia, da força do direito, pois se não se fosse a força do direito ficaríamos submetidos a força dos homens”, disse Mourão.

A solenidade contou com a participação do presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), deputado Josué Neto, presidente do Tribunal de Justiça do Amazonas (Tjam), Yedo Simões, ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Mauro Campbell, presidente da Esmam, desembargador Flávio Pascarelli e dentre outras autoridades.

“É uma justa e merecida homenagem que faz coro as manifestações de gratidão e reconhecimento que o Amazonas tem feito ao General Mourão, um cidadão de bem que tem olhado para às necessidades da região norte do país e do povo amazonense”, disse Josué Neto.

O presidente da Esmam, desembargador Flávio Pascarelli afirmou que é uma honra conceder essa medalha ao general Hamilton Mourão.

“O vice-presidente agradeceu a indicação do seu nome nesta homenagem da Esmam e estamos honrados por tê-lo conosco na caminhada pelo engrandecimento da Justiça no Estado do Amazonas”, comentou o desembargador Flávio Pascarelli.

Para o presidente do Tjam, desembargador Yedo Simões a honraria reconhece a carreira do general Hamilton Mourão, reconhece a história da família do Vice-Presidente da República no Amazonas e demonstra o respeito que a Esmam e Justiça do Estado tem pela autoridade e história dele.

Representação
Em Brasília, a Esmam foi representada na solenidade pelo ministro do STJ, Mauro Campbell Marques, que é professor emérito da instituição amazonense e fará a saudação ao homenageado. “Para traduzir esse cidadão exemplar, militar de alta qualificação, chefe de família primoroso, enfim um homem público, pai a quem o Brasil muito deve e que hora recebe a homenagem como prêmio de gratidão pelo exemplo que é e pela obra do desembargador Hamilton Mourão, obra que permanecerá vida e agora também através da outorga vice-presidente, pela medalha do Mérito Acadêmico”, frisou Campbell.

Close