Hospital João Lúcio capacita servidores em ‘Qualidade em saúde e segurança do paciente’

Ação das SES-AM, em parceria com o Cetam, faz parte do programa Saúde Amazonas

Cerca de 50 servidores do Hospital e Pronto-Socorro (HPS) João Lúcio, referência em neurocirurgia do Amazonas, participam de um curso de qualificação na área de “Qualidade em saúde e segurança do paciente”. As aulas foram iniciadas neste sábado (28/11), no auditório da unidade, e o curso é oferecido pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), por meio de uma parceria com o Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam).

A capacitação tem duração de 40 horas e previsão de término para o dia 19 de dezembro. De acordo com o secretário titular da SES-AM, Marcellus Campêlo, o desenvolvimento do servidor da saúde é uma das grandes ações do Programa Saúde Amazonas. O projeto tem o objetivo de reestruturar e reorganizar a saúde do Estado, com diversas ações que vão da modernização das unidades à capacitação dos servidores.

“Nós estamos nos aproximando do Cetam e da UEA [Universidade do Estado do Amazonas] e também do Sírio Libanês, no estado de São Paulo, que vai nos ajudar nesse desenvolvimento de cursos e capacitação. Na área tecnológica, formação de nível médico e tecnológico, o Cetam vai entrar fortemente em toda a rede do Estado, não só na capital como no interior, e também a UEA, na sua especialidade de formação de extensão dos cursos na parte de mestrado, doutorado e especialização”, adiantou o secretário.

Parceria – De acordo com o diretor-presidente do Cetam, professor doutor José Augusto de Melo Neto, o Governo do Estado está atuando dessa forma, alinhando os projetos entre as secretarias e o Cetam, sendo responsável pela qualificação profissional.

“Tendo a saúde como a maior demanda, nada mais natural que a Secretaria de Saúde comandar esse processo. Então, desde a ampliação do nosso catálogo, de quais cursos vamos oferecer em 2021/2022 e também apoiando o conselho de formação permanente dos servidores de saúde, o Estado do Amazonas vai na direção correta”, pontuou o diretor-presidente.

Os protocolos de segurança e qualidade do paciente, seguindo as recomendações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), serão repassados pelas instrutoras do Cetam, Geycielle de Oliveira e Sâmara Amaral.

Participante do curso, a técnica de enfermagem do HPS João Lúcio, Maria Inês da Cruz, acredita que a área da saúde necessita de constante atualização e parabeniza a iniciativa.

“Muito importante, porque como técnico já terminei faz um tempo, e a enfermagem vem se atualizando cada dia mais. É muito importante para nós, da área da enfermagem, estar sempre atualizados para podermos prestar um melhor serviço a cada dia para os nossos pacientes”, disse a profissional.

Durante o curso, os servidores terão aulas sobre medicamento seguro, segurança do paciente nos serviços de emergência, metas internacionais para a segurança do paciente, comunicação efetiva, prevenção de quedas, entre outros.

Saúde Amazonas – Os investimentos previstos no Saúde Amazonas, até o momento, são da ordem de R$ 1,4 bilhão, até 2022, que envolvem reforma e adequação de pelo menos 33 unidades de saúde, ampliação de leitos e da oferta de serviços e adequação para que 100% das vagas estejam no sistema de regulação; redução do absenteísmo (ausência não justificada do paciente); ampliação do Regula Mais Brasil para outras especialidades e da teleconsulta; aquisição de equipamentos hospitalares; valorização, formação e desenvolvimento do servidor da saúde; a modernização da gestão administrativa, entre outras medidas.

Close