Governo do Amazonas recebe apoio federal para reforçar assistência social nos municípios

A secretária em exercício da Secretaria de Estado da Assistência Social (Seas), Michelle Bessa, se reuniu, na tarde desta terça-feira (19/01), com o secretário Nacional de Assistência Social substituto, Miguel Ângelo de Oliveira e o diretor do Departamento de Proteção Social Especial substituto da SNAS, Danyel Iorio da Lima.

Na pauta do encontro, realizado na sede da Seas, o apoio do Ministério da Cidadania, por meio do ministro Onyx Lorenzoni e do presidente Jair Bolsonaro, ao Amazonas, nesse momento em que os Governos Federal, Estadual e Municipal juntam esforços para minimizar os efeitos sociais e econômicos da pandemia na população em situação de vulnerabilidade social.

“Com certeza o apoio deles (dos representantes do Governo Federal) é de extrema importância, não só para Manaus, mas todos os municípios. Vamos capacitar os novos gestores para que eles se sintam seguros para usar da melhor forma possível os recursos que eles têm em conta para a área da assistência social”, explicou a secretária em exercício Michelle Bessa.

Suporte – Na reunião ficou definido que a força-tarefa do Ministério da Cidadania dará todo o suporte técnico para que a Seas, e os gestores da área de Assistência Social dos municípios, sejam capacitados no sentido de usar corretamente os recursos federais disponíveis no orçamento para o enfrentamento da pandemia da Covid-19. Os recursos extraordinários disponibilizados pela União desde 2020, em razão da pandemia, podem ser usados tanto na compra de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), como máscaras e álcool em gel, como na aquisição de cestas básicas.

“A ideia do Ministério da Cidadania, do ministro Onyx, é que a gente olhe com carinho para o estado do Amazonas e a cidade de Manaus. Ele pediu que a gente viesse dialogar com o Governo do Estado para construir caminhos para que a gente possa auxiliar os municípios, pois essa também é nossa responsabilidade”, disse o secretário Miguel Oliveira.

A equipe de Brasília também tem agenda em Manaus nesta quarta-feira, no Abrigo do Coroado, que acolhe refugiados venezuelanos. O espaço é administrado pela Secretaria de Estado da Assistência Social.

Close