Estudantes finalistas de Programa de Desenvolvedores de Software terão acesso a bolsas de estudo

Nesta semana, foi certificada, no município de Manacapuru (distante 84 quilômetro de Manaus), a primeira turma do “Programa para a Formação de Desenvolvedores de Software no Interior do Amazonas”. O programa é uma iniciativa do Governo do Estado e coordenado pela Secretaria de Estado de Educação (Seduc) em regime de parceria com a Fundação Centro de Análise, Pesquisa e Inovação Tecnológica (Fucapi) e a empresa Envision.

cert

 FOTO EDUARDO CAVALCANTE

Na cerimônia de conclusão do curso, presidida pelo governador José Melo no Centro de Educação de Tempo Integral/Ceti Prefeito Washington Régis, além da concessão dos certificados aos 173 estudantes da rede estadual que concluíram o curso em Manacapuru, as empresas parceiras anunciaram a concessão de bolsas de estudo no valor de 600 reais aos 50 estudantes que finalizaram a primeira etapa do curso e registraram as maiores médias.

 A relação com os nomes dos 50 estudantes que serão beneficiados, pelo período de um ano com bolsas de estudo pode ser acessada no site da Seduc: www.educacao.am.gov.br

Ao anunciar, em Manacapuru, a relação de estudantes beneficiados, o secretário de Estado de Educação, Rossieli Soares da Silva, ressaltou que a concessão é um estímulo para que os jovens deem continuidade à rotina intensiva de estudos e aprimorem os conhecimentos adquiridos.

 “As bolsas foram conquistadas por mérito e serão concedidas pelas instituições parceiras aos 50 jovens que mais se destacaram no programa, alcançando as maiores médias. Com este estímulo e com a continuidade de uma nova etapa do curso, estes jovens poderão aprimorar o conhecimento já adquirido neste segmento de tecnologias”, citou o secretário, destacando o apoio das instituições parceiras.

 Para Andréa dos Santos Ferreira Guimarães, uma das professoras da Fucapi no curso executado em Manacapuru, o aproveitamento dos estudantes superou as expectativas. “Em sua primeira etapa o curso foi desenvolvido em oito módulos e abrangeu oito meses de formação teórica e prática. Constatamos que os estudantes compreenderam a importância da capacitação para sua vida profissional e acadêmica. Da mesma forma eles perceberam a contribuição que uma formação no segmento tecnológico pode ter para suas carreiras”, mencionou.

 A professora informou ainda que em uma das atividades práticas do programa em Manacapuru, os estudantes criaram 22 aplicativos, demonstrando a praticidade do conhecimento assimilado em sala de aula.

 Aprendizado – Um dos alunos finalistas do curso e que foi contemplado com a concessão da bolsa de estudo, Marcello Henrique Maciel Júnior, 17, comentou que o programa tem proporcionado um grande aprendizado. “A formação na área tecnológica é útil tanto para o meu crescimento como futuro profissional como também para modificar o local onde vivo. Destaco, também, que a formação levou-me a ter maiores expectativas profissionais, abrindo minha mente para possibilidades de ingresso no mercado de trabalho”, afirmou o jovem, que é aluno da escola estadual Jamil Seffair.

 Beatriz Lopes, 17, também concluiu o curso e foi contemplada com bolsa de estudo. Para ela, a experiência adquirida superou as expectativas. “É um aprendizado que levaremos para toda a vida. Acredito que será um diferencial em nossa trajetória tanto acadêmica quanto profissional. Nós, que concluímos esta primeira etapa, somos unânimes ao afirmar que os ensinamentos foram realmente muito significativos”, disse Beatriz, que é aluna da escola estadual Nossa Senhora de Nazaré.

 O Programa – O Programa para a Formação de Desenvolvedores de Softwares destina-se a estudantes do 9º ano do Ensino Fundamental e também a alunos do Ensino Médio e da Educação de Jovens e Adultos (EJA). Já lançado em Manacapuru e Itacoatiara, a iniciativa pode chegar a um total de 14 municípios.

 Com o programa, além de propiciar aos estudantes da rede pública a aquisição de novos conhecimentos, o Governo do Estado busca incentivar a formação de novos profissionais para o segmento tecnológico.

Por meio do programa, os jovens recebem uma carga de incentivos que possibilitará a aquisição de conhecimentos na área de desenvolvimento de Software e, consequentemente, o preparo para atuação em novas frentes de atividade profissional.

Close