Demanda por oxigênio sobe 300% no Peru e hospitais do país enfrentam o drama da escassez

Os hospitais do nosso país vizinho de América do Sul, o Peru, está enfrentado a falta de oxigênio devido o aumento de 300% da demanda pelo insumo . De acordo com a reportagem da CNN Brasil , a Ministra da Saúde  do país latino-americano, Pilar Mazzeti,  disse hoje(11) que o Peru está sofrendo com as novas variantes do COVID-19 : “O vírus com o qual começamos (a lidar) não é o mesmo que temos hoje”, disse Mazzetti.

A Ministra disse ainda que eles se preparam até mesmo para o dobro da demanda , mas o coronavírus  veio com mais força e  levou o sistema de saúde a viver um verdadeiro drama:  “O cálculo inicial da quantidade de oxigênio necessária, que pensávamos que fosse dobrar, triplicou. Ou seja, temos um incremento de 300% (na necessidade de oxigênio) ”, disse Mazzetti.

Segundo dados do Ministério da Saúde peruano, o suprimento de oxigênio necessário para atender a toda demanda dos hospitais nas províncias do país seria de 510 toneladas por dia, mas mesmo com todos os esforços empreendidos pelo governo do Peru, somente conseguem produzir 400 toneladas dia de oxigênio :    “um déficit de 110 toneladas diárias”, frisou a Ministra da Saúde .

Em virtude deste cenário de extrema adversidade de colapso sanitário , a Primeira – Ministra do Peru, Violeta Bermudez, comunicou que a quarentena terá abrangência ainda maior se estendendo de 15 a 28 de fevereiro em 32 províncias de alto risco .

 

Related Articles

Close