Cinco são presos durante Operação “Alegoria Proibida” em Parintins

Cinco pessoas envolvidas com o tráfico de drogas e receptação de objetos furtados foram presas, na quarta-feira (31/01), durante a Operação Alegoria Proibida, realizada pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM), em Parintins (a 369 quilômetros de Manaus). Na cidade desde a madrugada, as Polícias Civil e Militar cumpriram mandados de prisão, busca e apreensão em 11 alvos.

Na hora do almoço, as equipes policiais fizeram revista na Unidade Prisional de Parintins, onde encontraram celulares, drogas e armas caseiras. Parintins é a quarta cidade do interior a receber a operação, que também já foi desencadeada em Manacapuru, Careiro Castanho e Itacoatiara.

Ao lado do delegado-geral, Mariolino Brito, e do subcomandante da PM, coronel Álvaro Cavalcante, o vice-governador e titular da SSP, Bosco Saraiva, acompanhou o desenrolar da operação. “É muito importante o combate ao tráfico doméstico porque é exatamente ele que perturba a população, que promove o roubo, o assalto, o latrocínio como, lamentavelmente, vem acontecendo em Parintins. Mas nós vamos combater fortemente”, enfatizou Saraiva.

Cerca de 40 policiais civis saíram de Manaus, ainda na madrugada, para a operação. São policiais da Delegacia de Homicídios e Sequestros (DEHS), Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), Departamento de Narcóticos (DENARC), COE, GRUPO FERA, policias lotados nos gabinetes da Delegacia Geral da Polícia Civil e da Força Tática da  PM.

As equipes policiais percorreram nove bairros de Parintins. Dos cinco presos, três foram flagranteados por tráfico. Foram presos dois homens e três mulheres, com cerca de 400g de drogas, objetos roubados e dinheiro em notas de pequeno valor. “A pessoa acaba delinquindo na cidade praticando roubos e furtos, indo a boca de fumo, trocando por drogas. Iniciamos a tropa às 3h em Manaus. Fomos em 11 alvos, que resultou em seis pessoas detidas”, ressaltou o delegado-geral adjunto, Antônio Chicre Neto.

Em entrevista a imprensa de Parintins, o vice-governador e Secretário de Segurança anunciou que o policiamento na cidade vai endurecer mais com a implantação, até março, do novo modelo de patrulhamento policial.

“É o início de uma programação para essa região do Amazonas, com base em Parintins, que é o segundo município do Amazonas, de maior importância em todos os sentidos. Nós vamos fazer todas as mudanças necessárias com relação a efetivo, recomposição de efetivo aqui para Parintins e, a partir de hoje, por exemplo, estará presente em Parintins uma parte da inteligência que vai ficar fazendo o trabalho”, explicou.

Bosco Saraiva visitou o 11° Batalhão da PM, na Avenida Nações Unidas, bairro São José, onde o governo planeja construir um novo prédio do batalhão. O vice-governador também anunciou a recuperação da delegacia do município.

Close