Adolescente é encontrada morta com vestígios de estupro, na casa do tio

Uma adolescente de 14 anos, foi encontrada morta na manhã de domingo (6), o suspeito seria o tio Anderson da Silva. O caso aconteceu na casa do técnico em enfermagem, localizada na rua Cunha Melo, bairro Petrópolis, em Manaus. A menor foi encontrada nua na cama dele com vestígios de sangue nas partes íntimas..

Segundo Denis Pinho, delegado plantonista da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DHES), o suspeito afirmou  que sábado saiu com a sobrinha e a filha de 17 anos, foram a um shopping e depois lancharam no bairro do Petrópolis. Por volta das 23h, ele deixou a filha na casa da mãe dela e seguiu para a casa dele com a menina. Os dois dormiram na mesma casa e no domingo ele acordou e disse que chamou a sobrinha, mas ela não respondia.

Ainda segundo o plantonista da DEHS, segundo o relato do técnico de enfermagem, ele verificou que a sobrinha estava sem sinais vitais e tentou fazer massagem cardíaca para reanimá-la, mas o procedimento não teve resultado.

Pela parte da manhã, ao ser detido pelos policiais da DEHS, ele mentiu dizendo que já encontrou a sobrinha morta na cama. Mas os policiais desconfiaram, e o suspeito acabou depois confessando o crime na delegacia.

Após o corpo ter sido encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), a Polícia Civil solicitou a realização do exame de necropsia.

Os investigadores afirmam que o suspeito dopou a própria sobrinha e depois a estuprou. O exame de necropsia apontou que a causa da morte foi insuficiência respiratória, além de confirmar o abuso sexual.


Close