Sistema Sepror recebe a Embrapa Bahia para debater melhorias para o plantio de frutas cítricas no AM

A Secretaria de Estado da Produção Rural (Sepror) recebeu nesta quarta-feira (10/07), pesquisadores da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa Cruz das Almas-Bahia) para discutir um plano de ação visando o desenvolvimento de frutas cítricas no Amazonas.

Entre as tratativas, o titular da Sepror, Petrucio Magalhães Júnior, conversou com o chefe geral do Embrapa Cruz das Almas, Alberto Vilarinhos, do Centro Nacional de Pesquisa de Mandioca e Fruticultura Tropical. O pesquisador destacou que sua visita serve para reforçar a parceria entre os órgãos, pensando no desenvolvimento do setor frutífero.

Vilarinhos acredita que existe uma grande importância no plantio de frutas cítricas no estado e disse estar admirado com a organização dos produtores e com a capacidade produtiva do Amazonas. “A qualidade de produção de citrus no Amazonas não deixa a desejar para a produção no estado de São Paulo, por exemplo, que é o maior produtor mundial de suco. Nós temos muito a evoluir ainda, e o uso da tecnologia pelos produtores trará sucesso neste ramo à região Norte”, declarou.

Além do titular da Sepror e do chefe da Embrapa da Bahia, participaram da reunião representantes da Embrapa Amazônia Ocidental; pesquisadores da Universidade Federal do Amazonas (Ufam); o presidente da Federação de Agricultura e Pecuária do Estado do Amazonas (Faea), Muni Lourenço; os produtores de citrus, Claúdio Decares e Osiris Silva; e técnicos do Sistema Sepror, Idam, ADS e Adaf.

Para o presidente da Associação Amazonense de Citricultores, Cláudio Decares, que também é produtor de sucos cítricos no Amazonas, o encontro foi de suma importância para traçar as metas para os próximos anos.

“Vamos analisar os feedbacks do que avançamos e estamos planejando as próximas estratégias. Estamos abraçando os órgãos de pesquisa para o desenvolvimento do nosso estado. O Sistema Sepror está dando mais atenção à nossa categoria, e isso nos proporciona segurança, pois sabemos que podemos contar com o Governo para disseminar as tecnologias e definir os novos rumos de crescimento aos agricultores”, disse ele.

Futuro seminário – O grupo aproveitou o momento para destacar que em outubro, no retorno da Expoagro, haverá um seminário específico sobre o tema.

“Será um grande seminário na semana da Expoagro, onde virão técnicos da Embrapa Bahia, também os pesquisadores da Ufam e outros órgãos de pesquisa, com aulas teóricas e também com um dia de campo na propriedade de frutas cítricas, para demonstração de todas as mudanças e resultados alcançados para o desenvolvimento do ramo no Amazonas”, finalizou o agrônomo Luiz Herval, representante do Sistema Sepror.

Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker