FOTOS: DIVULGAÇÃO/ARSAM

A Agência Reguladora dos Serviços Públicos Concedidos do Amazonas (Arsam) participou, na manhã da quarta-feira (07/11), de uma ação integrada no 7º Simulado de Emergência com Gás Natural, na rua Rio Mar, conjunto Vieiralves, zona centro-sul de Manaus.

A simulação mostrou o acidente causado por uma retroescavadeira que, ao executar obras no local, acabou rompendo uma tubulação de rede de gás natural canalizado. Em seguida, duas viaturas do Corpo de Bombeiros chegaram ao local para combaterem um possível principio de incêndio. Logo depois, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) também simulou a realização dos primeiros socorros.

A ação foi realizada pela Companhia de Gás do Amazonas, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Manaustrans e Samu, com objetivo de verificar o tempo-resposta dos órgãos para atendimento, em caso de emergência com vazamento de gás natural, a partir da simulação de um rompimento da rede de distribuições subterrânea. Foi aproximadamente 30 minutos de simulação, que para o Corpo de Bombeiros, é considerado um tempo relativamente bom.

Segurança – O simulado é realizado anualmente desde 2011, porém foi o primeiro evento de segurança da companhia na região, onde já foram construídos 17 quilômetros de rede canalizada.

No Amazonas, a exploração do serviço de distribuição de gás natural canalizado foi concedida à Cigás. A fiscalização e regulação da prestação desse serviço são de responsabilidade da Arsam, que avalia as metas e padrões estabelecidos no contrato de concessão e demais legislações pertinentes.

COMPARTILHAR