FOTOS: ARQUIVO/SECOM

A Secretaria de Estado de Educação de Qualidade do Ensino (Seduc) informa que a reaplicação das provas para o cargo específico de professor Ciclo 20h, Manaus, que estava prevista para o dia 2 de setembro, foi adiada até que a empresa responsável pelo concurso público 2018 apresente o resultado da auditoria externa, solicitada pelo secretário de Educação, professor Lourenço Braga. A determinação também atinge toda e qualquer movimentação das etapas do concurso, ou seja, a divulgação do resultado final dos classificados e a prova prática para merendeiros estão adiadas também.

O secretário encaminhou ofício ao Instituto Acesso, responsável pela realização do certame, pedindo uma avaliação externa e independente de todos os fatos investigados pelo Ministério Público do Estado do Amazonas (MP-AM) e Tribunal de Contas do Estado (TCE) demonstrando o compromisso da gestão pela lisura do concurso. “A minha decisão é no sentido de dirimir qualquer dúvida sobre o certame”, destacou.

O secretário também garante que o adiamento não prejudicará nenhum dos candidatos que concorrem aos demais cargos e nem os que farão a prova prática de merendeiro. Todas essas decisões sobre o concurso serão publicadas no site do instituto.

Prova anulada – No dia 8 de julho as provas para o cargo específico de professor Ciclo 20h, Manaus, foram canceladas pelo secretário de Educação, professor Lourenço Braga, após verificar que houve erro humano na manipulação do malote das provas.

COMPARTILHAR