Foto- Socorro Maia / portaldoamazons.com

 

A classe menos favorecida aguarda ansiosamente todo o início do ano pelo aumento do salário mínimo, no entanto, assim como o preço da gasolina,energia, água e gêneros alimentícios, o mínimo que é responsável pela sobrevivência de milhões de brasileiros, não sobe assim.

Conforme decreto assinado  na sexta-feira (29) pelo presidente Michel Temer, o salário mínimo em 2018 será de R$ 954,  e valerá a partir de 1º de janeiro. O decreto sairá em edição extra do Diário Oficial da União.

É importante  ressaltar que o valor divulgado é R$ 11 menor do que o previsto inicialmente no orçamento de 2018 divulgado pela equipe do então presidente, e que fora aprovado no Congresso no valor de R$ 965. O salário-mínimo atual é de R$ 937. O reajuste de 1,81% segue a previsão do Índice de Preços ao Consumidor (INPC).

COMPARTILHAR