O primeiro navio da Temporada de Cruzeiros 2017/2018 atracou na sexta-feira, 22 de setembro, no Porto de Manaus, trazendo 800 turistas, a maioria de nacionalidade francesa. A chegada do Astoria, embarcação, da Cruise and Maritime Voyages, abre uma programação de entrada navios internacionais no estado que se estende até maio do ano que vem.

FOTOS VALDO LEÃO_SECOM_TEMPORADA DE CRUZEIROS PORTO DE MANAUS (28)
FOTOS: Valdo Leão

Ao todo, são esperados mais de 21 mil turistas estrangeiros que visitarão a cidade neste período em uma programação que dura em média, um pernoite. A perspectiva da Empresa Estadual de Turismo no Amazonas (Amazonastur) é de que os turistas dos cruzeiros deixem cerca de R$ 40 milhões no mercado. O turista de cruzeiros é o mais rentável, o perfil é acima de 60 anos e com maior poder aquisitivo, gastando em média 300 dólares por dia.

Os cruzeiros são os principais meios indutores de turistas estrangeiros no Brasil, movimentando a economia, além de garantir uma receita cambial de variação positiva para o País. De acordo com dados da Gerência de Registro e Fiscalização (GRF) da Amazonastur, a temporada 2017/2018 deve injetar pelo menos R$ 40 milhões na economia local, principalmente no município de Parintins e na região metropolitana de Manaus.

Esta é a primeira vez que o Astoria entra na rota amazônica de cruzeiros. Dos 21 navios, cinco aportarão pela primeira vez no Porto de Manaus nesta temporada, segundo informou a GRF. O último navio a aportar em Manaus será o Bremen, previsto para o dia 02 de maio de 2018.

Para a presidente da Empresa Estadual de Turismo (Amazonastur), “as temporadas de cruzeiros são sempre um período muito importante do ano não apenas para o turismo, mas também, para outros setores, como a economia principalmente. Além, de ser uma oportunidade em apresentar à população estrangeira, o que temos de melhor em relação à cultura, gastronomia e recursos naturais”, afirmou Oreni Braga.

Na temporada passada (2016/2017), mais de 24 mil turistas passaram por Manaus, em 21 navios. Para este ano, é previsto um decréscimo de 11,61% no fluxo de turistas, devido a substituição das maiores embarcações por navios de menor capacidade, que incluem o Amazonas como ponto de parada em seus roteiros de viagem.

O navio Fram com 318 turistas é o próximo a aportar em Manaus, no dia 15 de outubro. As maiores quantidades de turistas vem nos navios Maggelan com quase 1.500, em janeiro e no Crystal Serenity acima de 1 mil, em novembro. A maioria dos turistas de cruzeiros é proveniente dos Estados Unidos e Europa.

Nesta sexta-feira, os turistas participam de um Citytour com visitas ao Largo São Sebastião, Palácio Rio Negro, Bosque da Ciência e Mercado Municipal e encerram o dia com apresentação exclusiva da Amazon Band Jazz, no Teatro Amazonas.

Na programação estão visitas ao Encontro das Águas, Lago do Janauary Vila Paraiso (Seringal) e Ritual indígena próximo ao Tupé e Lago do Guedes (caminhada na selva)

COMPARTILHAR