Foto:Divulgação

Gedean foi preso na última quinta-feira (12), em uma casa de parentes, na Invasão do Buritizal, Conjunto João Paulo, no bairro Nova Cidade, zona norte de Manaus.

De acordo com o delegado do 13o Distrito Integrado de Polícia (DIP), Raul Augusto Neto, Gedean realizou o assalto com um comparsa,Luan Pantoja Nogueira, o ‘Sorriso Maroto’, 23, que foi preso em junho. “Graças a uma denúncia anônima, que informou a localização de Gedean, conseguimos localizá-lo e enviamos policiais até a invasão do Buritizal e efetuamos a prisão do suspeito. Ele não esboçou nenhum reação”, relatou o delegado.

Ainda conforme o delegado, Gedean confessou a prática do crime. “Ele ficava se escondendo entre a Cidade Deus e o Educandos, se transportando de um local para outro pela madrugada, através de mototáxis”, contou.

“Eu ia usar o dinheiro para ajudar minha família. Só peço que os familiares me perdoem, porque eu não queria matar ninguém”. A declaração é de Gedean do Carmo Laredo, 23, que invadiu uma lan house, no bairro Cidade de Deus, zona norte da capital, e atirou no atendente do estabelecimento, José Eduardo Soares Júnior, 27. José morreu em um hospital da capital, no dia 5 de julho.

José foi atingido no peito, socorrido, e levado ao Hospital e Pronto- Socorro (HPS) Aristóteles Platão Bezerra de Araújo, na zona leste da capital. Gedean responderá por latrocínio e será levado ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM).

COMPARTILHAR