Foto:Divulgação

A partir desta sexta-feira, 14/9, os usuários dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) da Prefeitura de Manaus devem ficar atentos às mudanças no local de atendimento. Seis Cras, localizados no Crespo, Japiim, Colônia Antônio Aleixo, Prourbis-Jorge Teixeira, São José 3 e 4, passam a atender ao público de novos bairros.

A alteração se deu a partir de um estudo de reordenamento dos seis Cras e visa a melhoria do atendimento aos usuários dos serviços socioassistenciais oferecidos pela Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Direitos Humanos (Semmasdh).

De acordo com a diretora do Departamento de Proteção Social Básica (DPSB) da Semmasdh, Lenise Trindade, o trabalho de reordenamento passou por três etapas. “Para chegar a esse resultado, fizemos análise dos relatórios mensais de atendimento dos Cras, informações do Cadastro Único e do sistema de condicionalidade do Bolsa Família, além de reuniões com as equipes técnicas dos Cras e encontros com os usuários para identificação das principais dificuldades de acesso aos equipamentos e aos serviços”, explicou.

Zona Sul

O Cras do Crespo passou a atender aos bairros do Distrito Industrial 1, Mauazinho 1 e 2, Manaus 2000, Ceasa (Vila da Felicidade) e Vila Buriti antes pertencentes ao Cras do Japim.

O Cras Japiim, por sua vez, passou a atender aos bairros da Japiinlândia e Distrito 2 (exceto Conjunto Lula e Conjunto Santa Marta), atendidos, anteriormente,  pelo Cras Betânia.

Zona Leste

O Cras Colônia Antônio Aleixo vai receber usuários dos bairros Puraquequara, Comunidades Ribeirinhas, Conjunto Lula, Conjunto Santa Marta e a Colônia Antônio Aleixo, sendo todos os bairros oriundos do Cras São José 3.

O Cras Prourbis atenderá aos bairros do Jorge Teixeira 1 e 2, Nova Floresta, Santa Inês, Ramal do Brasileirinho e Ramal do Ipiranga.

O Cras São José 3 abrange agora os bairros do São José 1, 2 (incluindo Etapa B) e 3, que antes pertenciam a área de abrangência do Cras São José 4. Por último, o Cras São José 4 atenderá também o bairro do Tancredo Neves.

COMPARTILHAR