Fotos: José Nildo / Semsa

Integrando as diretrizes da Política Nacional de Saúde Integral da População Negra, profissionais de saúde da Prefeitura de Manaus realizaram nesta sexta-feira, 13/7, atendimento às famílias que vivem no Quilombo do Barranco de São Benedito, localizado na Praça 14, zona Sul. Equipes da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) ofereceram serviços como triagem e aferição de pressão, avaliação antropométrica, consulta médica, agendamento do exame preventivo, consulta de enfermagem, intensificação das vacinas contra sarampo e influenza, além de ações preventivas de saúde bucal.

“A Semsa considera muito importante a integração de áreas como os quilombos às ações de saúde instituídas pela Política Nacional e, independente de qualquer crise, o trabalho segue sendo realizado através da união de equipes, da boa vontade, colaboração e solidariedade profissional dos funcionários”, afirmou o secretário municipal de saúde, Marcelo Magaldi, destacando a participação das equipes da Estratégia em Saúde da Família 32, da Unidade Básica de Saúde Vicente Palloti e do Núcleo de Saúde dos Grupos Especiais (NUSGE).

A assistente social da Semsa, Georgina Sarkis, que é referência técnica da sede em Saúde Integral da População Negra, explicou que o Barranco de São Benedito é o segundo maior quilombo urbano do Brasil. “Conforme o cadastro no Sistema Único de Saúde (SUS), conseguimos contabilizar 44 famílias descendentes de quilombolas para, justamente, fazer um retrato dessas famílias e direcionar o atendimento de saúde”, disse.

COMPARTILHAR