Publicado em: 12 de Agosto de 2017 09:32

A Prefeitura de Manaus e a Eletrobras Amazonas Energia estarão realizando neste sábado, 12/8, a partir das 8h, uma operação de manejo da arborização existente ao longo do canteiro central da avenida Umberto Calderaro Filho, zona Centro-Sul. O trabalho terá como objetivo fazer tanto o levantamento quanto rebaixamento de copa e a retirada dos galhos expandidos que se encontram em confronto com a rede elétrica da área. Ao todo, a via possui 234 árvores, entre oitizeiros e mangueiras, nas duas faixas.

36370224771_679ab11fa0_z

Foto: Arlesson Sicsú / Semmas

A operação será desenvolvida em parceria pelas secretarias municipais de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), Limpeza Pública (Semulsp) e a empresa D5, terceirizada da Amazonas Energia. A ação contará com o apoio do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização de Trânsito (Manaustrans).

De acordo com o chefe da Divisão de Corte e Poda da Semmas, Wellington Auzier, o trabalho irá se concentrar em trechos críticos da via, onde as copas expandidas das árvores estão em contato com a fiação elétrica. Entre esses pontos, estão os situados no cruzamento da rua Belo Horizonte e na altura do supermercado DB, no Adrianópolis.

“O trabalho terá como finalidade livrar a fiação, porém garantindo a poda de equilíbrio que não só retira os galhos da rede elétrica, mas também adequa a árvore ao espaço e a deixa equilibrada”, explica Wellington. O trabalho acontecerá nas duas faixas da via, em duas etapas: neste sábado, 12, e no próximo, dia 19, para não causar transtornos ao trânsito na via.

O manejo inclui também a retirada de erva-de-passarinho, que permite a melhoria do estado fitossanitário das árvores. O manejo é um procedimento que precisa ser realizado com regularidade, pelo menos a cada seis meses, para garantir a saúde da árvore e evitar riscos de acidentes. Nos casos em que a arborização entra em confronto com semáforos, rede elétrica, sinalizações e iluminação pública, o manejo cumpre a missão de estabelecer uma convivência harmônica entre árvores e os equipamentos públicos.

COMPARTILHAR