FOTOS: LEANDRO VIANA/SEINFRA

Motoristas que trafegam pela estrada do Tarumã, saindo da avenida Torquato Tapajós em direção à Vivenda Verde, já podem seguir pela pista de 2,6 quilômetros, duplicada e asfaltada. Os trabalhos de revestimento asfáltico, que estão dentro do processo de implantação do Anel Viário Sul, são de responsabilidade do Governo do Amazonas, e foram executados por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra).

Os serviços naquele trecho foram retomados em outubro de 2017, quando o novo governo teve início, e concluídos no final de setembro deste ano. Agora, o asfaltamento está concentrado do lado oposto à pista que vem sendo utilizada, no bairro do Tarumã, zona oeste de Manaus.

A previsão de entrega de mais 2,6 quilômetros de estrada é até o final deste mês, já que 90% dos trabalhos já estão concluídos, segundo o engenheiro Francisco Souza, fiscal da obra. “Estão intensificando os trabalhos, aproveitando o período sem chuva que favorece o andamento”, ressaltou.

Ainda conforme o engenheiro, funcionários da empresa responsável pela obra, a Etam, já iniciaram os serviços necessários para a elevação do greid da pista antiga, de modo a colocá-la no mesmo nível da que foi duplicada. A pista antiga receberá reforço de sub-base e base, imprimação e novo revestimento asfáltico.

Ao ser concluído em toda sua extensão, o Anel Viário Sul terá por volta de 8 quilômetros. Ele ligará o Distrito Industrial ao aeroporto internacional Eduardo Gomes, desafogando o trânsito da cidade. O objetivo é deslocar veículos pesados que hoje circulam por vias centrais, diminuindo os frequentes congestionamentos. O investimento total dessa obra é da ordem de R$ 88,4 milhões.

Atenção aos Motoristas – Quem trafega pelo quilômetro 1,50 na estrada do Tarumã deve ter atenção redobrada, pois a nova pista asfaltada está liberada, provisoriamente, nos dois sentidos. É preciso ficar atento às placas de sinalização e diminuir a velocidade.

 Complexo viário – Outra obra de grande importância dentro do projeto de implantação do Anel Viário Sul, – a passagem de nível situada no entroncamento da avenida Torquato Tapajós com a estrada do Tarumã e a avenida Engenheiro José Henriques -, teve todas as estacas cravadas. Também já foram construídas duas das três lajes de espera. Essa obra vai compor o trevo em construção na altura do antigo Café da Joelza, que permitirá o acesso dos motoristas a diversos destinos sem que haja engarrafamentos.

A terceira e última laje de espera está em fase de cura do concreto para receber as vigas de sustentação do tabuleiro. Quando as três lajes (também chamadas de encontro 1, 2 e 3) estiverem prontas, terá início o processo de lançamento das vigas. Todo esse processo deverá estar concluído até o fim de outubro.

COMPARTILHAR