Museu da Cidade de Manaus, Fotos David Batista

Inaugurado há cinco dias, o Museu da Cidade de Manaus, localizado no Centro Histórico, tem atraído centenas pessoas diariamente. Nesse período, mais de 5 mil pessoas já visitaram a exposição “A Cidade de Manaus: História, Gente e Cultura”, assinada por um dos maiores especialistas no segmento, o curador Marcello Dantas.

No primeiro sábado de visitação pública (27/10), 600 visitantes passaram pelas nove salas do mais novo equipamento cultural entregue à população pela Prefeitura de Manaus, por meio da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult).

Estudantes de diversas áreas do conhecimento, turistas de diversas partes do Brasil, além dos próprios manauaras estão entre as pessoas que já visitaram o local.

“Eu achei interessante essa chance dada à população de poder conhecer sua própria evolução histórica desde a época da borracha, passando pelo período industrial até hoje. Nós tínhamos outros museus na cidade, mas precisávamos de um museu interativo. Meu filho ficou muito encantado com as diversas possibilidades que o local oferece”, destacou a arquiteta Naiara Melo, que visitou o local na companhia do filho no último sábado.

Já o funcionário público Francisco Almino, ficou encantando com a forma de como a exposição conta a história da cidade. Para ele, ver isso fora dos livros, foi diferente e ajudou a ter um novo olhar sobre muitos assuntos, como, por exemplo, a percepção que os estrangeiros têm da cidade.

“Aqui conseguimos nos imaginar no tempo. Você poder ver que a história te remete a um passado que acaba ficando despercebido no dia a dia, isso foi legal, a gente acaba refletindo sobre muita coisa, eu acho que o museu cumpre a sua função”, disse Almino.

O Museu da Cidade de Manaus funciona no prédio do Paço da Liberdade, situado no Centro Histórico de Manaus. A entrada é gratuita e o horário de funcionamento é de terça-feira a sábado, de 9h às 17h.

A exposição de longa duração conta a história do povo amazônida em Manaus, utilizando a tecnologia que, de forma interativa, ajuda a aguçar os sentidos dos visitantes, tornando-os abertos à percepção da história, cultura e gente que constituiu e que ainda constrói a identidade do que é ser Manaus.

COMPARTILHAR