FOTOS: DIVULGAÇÃO/SUSAM

A maternidade Nazira Daou, unidade da Secretaria de Estado da Saúde (Susam), localizada na zona Norte de Manaus, recebeu este mês a certificação de qualidade ISO 9001/2015. O selo atesta o padrão de excelência na qualidade dos serviços oferecidos na unidade. Foi concedido após auditoria externa da empresa Rina Brasil Serviços Técnicos Ltda.

 De acordo com o diretor da unidade, José Menezes, a nova certificação reconhece o trabalho de qualidade da maternidade, desde o acolhimento até a alta das suas pacientes. “É uma conquista muito importante, porque mostra que estamos no caminho certo. Mostra que nosso objetivo diário, que é oferecer um bom atendimento às pacientes, está sendo alcançado”, comemora o diretor da maternidade.

 Entre outros pontos, foram observados na auditoria o registro de forma correta e humanizada dos prontuários das pacientes; a segurança e conservação dos prontuários; e a elaboração de controle estatístico para apoio das tomadas de decisões gerenciais.

 Em 2007, a maternidade Nazira Daou entrou para a história como a primeira do Brasil a ter a certificação, na ocasião a ISO 9001/2008. De lá para cá, a unidade sempre vinha conseguindo renovar a certificação. Com a substituição desta certificação ISO 9001/2008 por uma mais moderna (ISSO 9001/2015), a maternidade se submeteu novamente à auditoria, conquistando a aprovação. “Todas as nossas unidades perseguem conquistas como essa, que reconhece a qualidade dos nossos serviços, diretamente associada ao bom atendimento das pessoas que buscam o Sistema Único de Saúde (SUS). Parabéns a todos os servidores da maternidade pelo empenho”, afirma o secretário estadual de Saúde, Orestes de Melo Filho.

 A maternidade é voltada para o pronto atendimento ambulatorial e hospitalar nas urgências e emergências obstétricas. No ambulatório os atendimentos são de média e alta complexidade, onde abriga, dentre outros, os seguintes programas: Pré-natal de alto risco; Referência Estadual para o Programa de Laqueadura Tubária; Teste do Pezinho; Projeto do Parto Humanizado; e Programa de Imunização.

 Obras – Na atual gestão, a maternidade recebeu obras de reformas das Unidades de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN), de Cuidado Intermediário Neonatal Convencional (UCINCo) e de Cuidado Intermediário Neonatal Caguru (UCINCa), além da reforma de duas das quatro enfermarias. As intervenções na unidade fazem parte do programa de reconstrução da saúde colocado em prática desde que a atual gestão assumiu, em outubro de 2017. O diretor da Nazira Daou lembra que, desde 2002, quando foi inaugurada, a unidade não recebia obras de revitalização e reforma.

COMPARTILHAR