Manaus realiza última reunião do plano operacional para Copa do Mundo FIFA 2014

14-05-14-UGCOPA-Plano-Operacional-em-4-500x271

Órgãos do Governo do Amazonas, Governo Federal, Prefeitura de Manaus e o Comitê Organizador Local da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 realizaram, nesta quarta-feira, 14 de maio, a reunião de conclusão dos planos operacionais que serão adotados durante o Mundial em Manaus. As medidas envolvem 12 áreas estratégicas para a organização do evento, como segurança pública, saúde e energia elétrica, e tem como foco garantir o funcionamento de serviços essenciais para a população e turistas.

Esse é o segundo encontro para discussão do plano operacional de Manaus. A reunião ocorreu no Salão Rio Solimões do Palácio Rio Negro, na avenida Sete de Setembro, no centro da cidade, e contou com a presença do coordenador da Unidade Estadual Gestora da Copa, Miguel Capobiango, presidente da ManausCult, Bernardo Monteiro, e o secretário executivo do Ministério do Esporte, Luís Fernandes.

Sob a coordenação do Ministério do Esporte, que já promoveu a iniciativa nas outras 11 cidades-sede brasileiras, a reunião é para alinhamento e integração das equipes técnicas que vão atuar nas ações de suporte ao evento. Os planos vêm sendo desenvolvidos ao longo dos últimos três anos. Além de saúde, segurança pública e energia elétrica, envolvem as áreas de transporte, mobilidade urbana, aeroportos, acomodações e recepção turística, vigilância sanitária, cultura, meio ambiente e telecomunicações.

“É um amplo programa que envolve todas as áreas operacionais e é importante que todas elas se enxerguem”, frisou Capobiango. A determinação do governador José Melo é que os órgãos públicos trabalhem de maneira integrada para facilitar a execução das ações e assegurar a tranquilidade para população, turistas, equipes de trabalhadores, seleções e autoridades que virão a Manaus para os jogos.

Jogos – A capital amazonense vai receber quatro jogos da primeira fase da Copa. Na Arena da Amazônia, enfrentam-se as seleções da Inglaterra, Itália, Portugal, Estados Unidos, Suíça, Croácia e Camarões. “Estamos tratando também do atendimento aos torcedores, voluntários, as questões relativos ao acesso, toda a questão do atendimento de serviço público. É o fechamento dos planos operacionais para que a gente possa apresentar esse desenho a todos os setores”, ressaltou o coordenador da UGP Copa.

A menos de um mês da Copa do Mundo, Manaus é uma das cidades-sede mais adiantadas para receber o evento, segundo o Ministério do Esporte. Seis jogos testes já aconteceram na Arena da Amazônia, desde a inauguração do estádio no dia 9 de março, comprovando a funcionalidade do estádio e o êxito da organização com destaque para as operações de segurança pública e saúde.

Para o secretário executivo do Ministério do Esporte, Manaus afastou o pessimismo em torno da sua escolha para ser uma das cidades-sede da Copa e hoje é exemplo na organização entre as demais cidades-sede brasileiras. “Manaus comprovou o acerto que foi a sua escolha. Muito se duvidou da capacidade da cidade, era usada como exemplo de equívoco, e estamos na reta final e vemos Estados das regiões mais ricas, supostamente com melhores condições de se preparar, em situação precária, correndo atrás. Os jogos atestaram não só a beleza, mas a eficiência da Arena para a Copa”, afirmou Fernandes, durante discurso de abertura do encontro.

Turistas – Apesar de receber jogos somente na primeira fase, Manaus está entre as capitais que mais gerou interesse em autoridades e turistas que buscam informações sobre a Copa, ficando atrás somente do Rio de Janeiro nas consultas feitas ao Ministério do Esporte, segundo Luís Fernandes. Nos meses de junho e julho, a expectativa é que mais de 180 mil turistas visitem a capital amazonense, segundo estimativa da AmazonasTur.

“O grande interesse de turistas estrangeiros para vir para cá, o afluxo de torcedores estrangeiros, coloca novos desafios e, ao mesmo tempo, realiza o potencial turístico que dará grande retorno para a cidade de Manaus”, disse Fernandes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker