Na noite da quinta-feira, 7, a mãe do jogador Ryan Matheus, 15 anos, que treina no Ninho do Urubu, ao saber do cancelamento do treino da sexta-feira, 8, pediu para que o filho fosse dormir em casa, fato que acabou o livrando da tragédia que aconteceu na madrugada quando um incêndio atingiu o alojamento dos jogadores da categoria de base do Flamengo.

Outro amazonense que também escapou do incêndio foi o adolescente “Ronald Manaus” de 13 anos, que mora no Rio de Janeiro há três anos. Os dois rapazes estão muito abalados com a tragédia, mas informaram que vão continuar com seus sonhos de se tornarem grandes nomes do futebol.

COMPARTILHAR