Índice de resgate de documentos é mínimo

O Projeto Documentos Perdidos e Achados, coordenado pela Ouvidoria Geral do Estado, em parceria com demais órgãos estaduais, recebeu no primeiro semestre deste ano mais de 2,3 mil documentos. O maior índice de extravio é de Registros de Identidades. Porém, o percentual de resgate ainda é mínimo. Somente nos primeiros meses de 2016 a secretaria encaminhou 1.080 cédulas ao Instituto de Identificação, onde os proprietários podem fazer a retirada das cédulas extraviadas.  A consulta referente a um documento perdido pode ser feita pelo endereço eletrônico www.ouvidoria.am.gov.br.

iden

Qualquer documento perdido pode ser entregue em um dos postos de atendimento da Ouvidoria Geral do Estado, localizados nas dependências dos postos de Pronto Atendimento ao Cidadão (PAC) existentes na capital.

No primeiro semestre, a secretaria contabilizou o recebimento de 829 Registros Gerais (RG), 386 Títulos de Eleitor, 313 Cadastros de Pessoa Física (CPF) entre outros. Em relação aos RGs, caso não sejam resgatados em um prazo máximo de 60 dias, os documentos são enviados ao Instituto de Identificação e inclusos no cadastro do órgão, o que impossibilita a emissão de um novo documento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Close