O santuário da Paz e da Unificação Mundial fica na cidade de Newfoundland, na área rural de Pocono, a cerca de 150 km ao norte da Filadélfia. A polêmica igreja tem como líder o reverendo Hyung Jin Moon, filho do falecido Sun Myung Moon, que ficou famoso na liderança dos Moonies, uma dissidência da chamada “Igreja da Unificação”.

 

 

Fiéis portando fuzis AR-15 e pistolas lotaram a igreja para ter   as suas armas abençoadas como “cajados salva-vidas”.

 

“Cada um de nós tem o dever de usar o ‘cajado de ferro’ não como uma arma para oprimir, como já foi feito nos reinos satânicos deste mundo, mas para proteger os filhos do Senhor”, disse Moon, citando o Apocalipse.

Sreymom Ouk, 41 anos, que foi à cerimônia com o marido, Sort Ouk, levando seus fuzis AR-15, declarou para a Associated Press que suas armas eram para se defender de pessoas perturbadas e psicopatas. “Temos nosso direito de portar armas. No Reino do Senhor é necessário se defender do Mal”, ela declarou.

Fonte: MSN

 

COMPARTILHAR