Governo do Amazonas investe R$ 5 milhões em recuperação de escolas de Parintins

O Governo do Amazonas está investindo cerca de R$ 5 milhões para recuperar as escolas estaduais de Parintins  (distante 369 quilômetros de Manaus). Além do Centro de Ensino de Tempo Integral (Ceti) Deputado Gláucio Gonçalves, que está sendo recuperado, a Secretaria de Estado de Educação (Seduc-AM) está revitalizando outras 20 unidades de ensino. As  ações foram intensificadas com a presença do governador Wilson Lima na cidade, para o lançamento do programa Amazonas Presente.

FOTOS: Herick Pereira/Secom e Divulgação/Seduc-AM

O secretário de Estado de Educação, Luiz Castro, visitou quatro estabelecimentos de ensino na cidade nesta quinta-feira (23/5). Além do Glaucio Gonçalves, ele conferiu os trabalhos nas Escolas Estaduais Senador João Bosco, Brandão de Amorim e Professor Aderson de Menezes. “Já havíamos iniciado o trabalho em Parintins  com o Ceti e outras dez escolas. Aproveitamos o programa para intensificar e já fechar a conta com intervenção nas 21 unidades da cidade”, destacou. 

Em março,  a atual gestão precisou intervir no Ceti por conta de rachaduras que ameaçavam o bom funcionamento do prédio. À época, ficou constatado que o problema estava ligado à má execução das juntas entre os materiais de construção. A escola é a única do modelo no  município e, desde sua inauguração, em 2011, não recebia intervenções diretamente na estrutura.

 

“O trabalho no Ceti é maior por conta das condições em que encontramos a estrutura da unidade. Estava muito precária e necessitando urgente de melhorias maiores”, explicou Luiz Castro.  Os serviços de manutenção nas demais escolas, além de pintura, incluem melhorias rede elétrica e estrutura de todas as escolas. 

FOTOS: Herick Pereira/Secom e Divulgação/Seduc-AM

Demandas reprimidas – Durante as visitas, Luiz Castro ouviu as demandas dos gestores e professores. Gestor da Escola Estadual João Bosco, o professor Sávio Borges contou que há 20 anos a escola não passava por uma pintura geral na estrutura. “É a primeira vez que um governo se preocupa em olhar por todas as escolas de Parintins. Tínhamos dificuldade em ter acesso a serviços básicos e agora estamos conseguindo tirar tudo o que já solicitamos há muito tempo do papel”, afirmou.

Na Escola Estadual Brandão de Amorim, a gestora Maria de Nazaré Nascimento destacou a importância dos serviços terem alcançado uma das principais escolas da região. “Nós temos alunos de comunidades rurais que estudam conosco e sem dúvida ter uma escola funcionando bem faz a diferença”, relatou. 

 

Close