FOTOS: Divulgação /Amazonastur

O desenvolvimento do turismo no interior do estado vem sendo uma das ações do Governo do Amazonas, por meio da Empresa Estadual de Turismo (Amazonastur), para consolidar o estado como o destino verde do Brasil.

Com esse objetivo a empresa iniciou o calendário de visitas técnicas aos aeródromos e aeroportos do interior para avaliar a infraestrutura, o balizamento e a pista de pouso e decolagem.

O primeiro município a receber a equipe da Amazonastur foi Nhamundá, localizado a 375 quilômetros de Manaus. De acordo com a arquiteta Adriana Pimentel, a avaliação serve para fazer um levantamento da atual situação dos aeródromos para verificar as necessidades de melhorias e consequentemente o acesso aos municípios.

“Os aeródromos e aeroportos são uma porta de entrada para os turistas nas cidades do interior do estado, por isso estamos fazendo esse diagnóstico para propor melhorias e assim oferecer uma melhor receptividade as pessoas que visitam o Amazonas”, disse Adriana.

O secretário de Cultura e Turismo de Nhamundá, Paulo Sérgio Sá, explicou que a pista do aeródromo municipal tem 1200m e que a prefeitura buscou essa parceria com o governo para adequar a estrutura do local às exigências mínimas da Agência Nacional de Aviação (ANAC), visando uma frequência de voos para a cidade.

“Queremos adequar a estrutura do nosso aeródromo e organizar as atividades para buscar voos para Nhamundá, ter uma linha direta com o turismo e promover os atrativos da nossa cidade, principalmente na temporada de pesca esportiva e Festa do Tucunaré”, afirmou Paulo Sá.

 

COMPARTILHAR