Dando continuidade ao programa de descentralização da gestão ambiental, o Governo Amazonino Mendes inaugurou, na terça-feira (18/12), o Centro Multifuncional “Casa do Produtor”, em Apuí, município no Sul do Estado. A unidade é a terceira entregue neste ano pelo Governo do Amazonas e faz parte da parceria da Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema) e do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) com a Cooperação Financeira Brasil/Alemanha, administrada pela Gopa (Cooperação Técnica Internacional).

O local foi entregue pela gestora da Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) do Mosaico de Apuí, Aldeiza Lago dos Santos, que representou o secretário de Estado do Meio Ambiente (Sema) e presidente do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), Marcelo Dutra. O evento contou com a presença do vice-prefeito de Apuí (distante 453 quilômetros de Manaus), Marcos Lise.

O primeiro Centro Multifuncional foi inaugurado em junho deste ano em Parintins (distante 369 quilômetros da capital em linha reta). Em agosto, Humaitá (distante 590 quilômetros de Manaus) também recebeu uma unidade.

Além das três cidades contempladas, o Governo do Amazonas está finalizando as obras da unidade de Boca do Acre (distante 1.028 quilômetros), fechando a primeira etapa do Projeto Prevenção e Combate ao Desmatamento e Conservação da Floresta Tropical no Estado do Amazonas (Profloram). Cada Centro Multifuncional contou com o investimento de R$ 1,077 milhão.

De acordo com o secretário da Sema e presidente do Ipaam, Marcelo Dutra, assim como acontece em Parintins e Humaitá, a unidade de Apuí vai centralizar os serviços de regularização de atividades produtivas e fundiárias, assistência técnica e agricultura indígena, oferecidos pelos dois órgãos de controle ambiental, como a Sema, Ipaam, Agência de Defesa Agropecuária e Florestal (Adaf), Agência de Desenvolvimento Sustentável (ADS), Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas (Idam) e Secretaria de Estado de Política Fundiária (SPF).

No local, a Secretaria de Meio Ambiente de Apuí começa a receber autorização do Ipaam para as primeiras atividades de emissão de Licença de Operação (LO) para projetos de empreendimentos produtivos de baixo carbono naquele município. “Apuí é uma cidade estratégica para o combate aos crimes ambientais, principalmente o desmatamento e as queimadas. Neste ano, o município já saiu da lista das cidades que mais desmatam”, disse Marcelo Dutra.

`O prédio do Centro Multifuncional de Apuí conta com 420 metros quadrados de área construída, salas climatizadas, computadores, mesas, cadeiras e móveis de escritório. Além do complexo, serão entregues uma motocicleta, uma picape modelo L-200 Mitsubishi, equipamentos de GPS, máquina fotográfica e scanner para que os servidores possam oferecer os serviços ambientais com qualidade aos produtores rurais daquela cidade.

COMPARTILHAR