Depois de participar de reunião com o presidente da República, Michel Temer, no Palácio do Planalto, em Brasília (DF), o governador do Estado, Amazonino Mendes, foi recebido pelo ministro de Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella, para tratar sobre as áreas portuárias do Amazonas.

 
Durante o encontro, ocorrido nesta quinta-feira (01/03), o governador Amazonino debateu com o ministro sobre as dificuldades encontradas nos portos amazonenses. Ao chefe do Ministério, Amazonino falou da necessidade de um plano estratégico do Governo Federal de forma que o sistema portuário seja modernizado e tenha uma melhor operacionalização no estado.
Porto de Manaus

 

No mês passado, o governador assinou em conjunto com a Secretaria Nacional de Portos, Hidrovias e Aviação Civil, do Ministério dos Transportes, um termo que autoriza o Estado a administrar o Porto de Manaus, localizado no Centro, zona sul da capital.

 

“Então nós vamos assinar os termos necessários em que o estado do Amazonas passa a ter gerência na questão portuária. Pode fazer política portuária, coisa que estávamos proibidos de fazer. É algo extremamente necessário e que não se resolvia. O Estado passa a ter gerência nessa questão portuária fundamental, inclusive para articular, organizar, estruturar, o sistema fiscal”, comentou o governador na época.

COMPARTILHAR