A Frente Parlamentar Estadual de Apoio à Micro e Pequenas Empresas e Empreendedores Individuais do Amazonas (Frempeei-AM), da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), fechou o primeiro semestre deste ano com um saldo de 798 pessoas atendidas com orientação, formalização e capacitação. A Frente Parlamentar vem intensificando as ações para atender as necessidades do público empreendedor.

Para o presidente da Frempeei, deputado estadual Adjuto Afonso (PDT), os resultados são bastante satisfatórios. “O trabalho da Frente Parlamentar está em facilitar o processo de formalização e capacitação. Nosso objetivo é preparar as pessoas para o mercado empreendedor, que vem se destacando no cenário econômico do país. Fico feliz porque conseguimos viabilizar oportunidades de conhecimento e de crescimento”, avalia o parlamentar.

As ações da Frempeei foram realizadas nos bairros do Aleixo, Hileia, Redenção, Petropolis, São Lázaro e Cidadão 10, com orientação sobre a importância da formalização, que reuniu 423 pessoas. Um total de 250 pessoas também receberam informações sobre o cadastro no Renda Certa, que teve as atividades suspensas por conta do período eleitoral.

Em seguida, foram realizadas cinco edições da Oficina do Empreendedor, em parceria com a Escola do Legislativo, somando um total de 125 pessoas capacitadas. O curso é oferecido a empreendedores, formalizados ou não e potenciais empreendedores, que recebem técnicas de como atrair, conquistar e manter seus clientes e de como atender bem para vender mais, além de informações sobre linhas de créditos (Banco do Povo) para pequenos empreendedores.

A novidade também ficou por conta da realização de duas edições do Shopping Itinerante, nos bairros da Redenção e Petropolis, respectivamente, ocasião em que os participantes da capacitação expõe seus serviços e produtos para comercialização, aplicando as técnicas repassadas na Oficina.

A Frempeei conta com a parceria da Escola do Legislativo, Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam), Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-AM), por meio da Comissão de Direito Empresarial, Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-AM), Fundo de Promoção Social (FPS), Fundo Municipal de Fomento à Micro e Pequena Empresa (Fumipeq), e da Secretaria Municipal do Trabalho, Emprego e Desenvolvimento (Semtrad).

 

COMPARTILHAR