Foto de enfermeira chorando após ajudar no parto de bebê morto viraliza

A norte-americana Laura McIntyre dividiu nas redes sociais uma foto de sua irmã gêmea, a enfermeira Caty DiBari, que se tornou viral e foi curtida mais de 87 mil vezes.

Isso porque, apesar da irmã dizer que “a mataria” se publicasse a imagem dela chorando, quis falar sobre a extrema dedicação profissional de Caty e dos enfermeiros, em geral.

“Ela trabalhou mais de 53 horas em 4 dias seguidos, isso sem falar da 1 hora e meia que ela gasta no trânsito todo dia. Ela geralmente mal tem tempo de almoçar e nem beber água. Ela é tão boa no que faz que, muitas vezes, esquece de cuidar dela mesma enquanto cuida dos pacientes”, escreveu.

E, continuou: “esta foto é de um dia quando ela chegou na minha casa depois de um turno difícil. Ela tinha ajudado no parto de um bebê que nasceu morto. Vocês já pensaram no que médicos e enfermeiros precisam ver nestas situações? Além de alegria e mães e bebês saudáveis, também têm que lidar com pânico, medo e ansiedade. Elas vêm adolescentes darem à luz. Mães dependentes químicas darem à luz. Elas vêm policiais chegarem, funerárias. Você sabia que elas precisam fazer os primeiros passos quando o bebê morre antes da funerária? Pois é, eu também não sabia. Caty, você é especial”, terminou.

Close