A família de Michael Jackson entrou com processo contra a emissora norte-americana HBO, tentando impedir a exibição do documentário “Leaving Neverland”, que detalha as acusações de abuso sexual levantadas contra o cantor por dois jovens que eram menores de idade na época dos eventos.

Segundo o “TMZ”, os advogados da família do rei do pop alegam que “Leaving Neverland” quebra um contrato assinado pela HBO e por Jackson em 1992. Nele, a emissora prometeu não levar ao ar conteúdos prejudiciais ao cantor.

O contrato foi assinado durante as negociações para a HBO transmitir “Michael Jackson Live in Concert in Bucharest: The Dangerous Tour”, filmagem de um show do cantor.

O contrato foi assinado durante as negociações para a HBO transmitir “Michael Jackson Live in Concert in Bucharest: The Dangerous Tour”, filmagem de um show do cantor.

COMPARTILHAR