Home / Amazonas / Estudante desenvolve primeiro óculos de realidade virtual em fibra de carbono

Estudante desenvolve primeiro óculos de realidade virtual em fibra de carbono

Projeto inovador foi contemplado no Programa Sinapse da Inovação e, a partir de 2016, deve ser utilizado com cenários que remetam a pontos turísticos da capital

O Amazonas é o primeiro Estado brasileiro a desenvolver um óculos de realidade virtual com fibra de carbono. A iniciativa inovadora surgiu de um projeto de pesquisa apoiado pelo Governo do Estado, via Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam), do estudante da Escola Estadual Benjamin Magalhães Brandão, de Manaus, Gabriel de Oliveira.

ocu2

Ele é o idealizador do High Tech VR, protótipo de óculos de realidade virtual que utiliza aparelhos smartphones para gerar cenários virtuais, com som e imagens em 360º.

“Identificamos que esse tipo de óculos não existia no Amazonas e decidimos produzir. Aplicamos a fibra de carbono, que é um material leve e extremamente resistente, para proporcionar, entre outros, segurança, principalmente às crianças”, disse o estudante.

 Segundo ele, para utilizar o óculos de realidade virtual, o usuário precisa encaixar um aparelho celular no suporte universal para smartphones, criado pelo grupo de pesquisa, escolher o cenário virtual no aplicativo do smartphone e dar início à ação. O suporte, feito com fibra de carbono, tem capacidade de encaixe para aparelhos de 4,3 a 6 polegadas.

De acordo com o estudante, o High Tech VR foi pensado para atuar nos segmentos de educação, negócios e trabalho, e entretenimento. “Eles (os óculos de realidade virtual) podem ser utilizados em diversas áreas. Na Educação, o Hitch Tech VR pode ser utilizado nas aulas de Geografia, História, Biologia e de Ciências. Os óculos podem ser utilizados, ainda, para o tratamento de fobias e, até mesmo, nas aulas de medicina legal”, disse Gabriel de Oliveira.

Inovação – A ideia inovadora foi um das 40 propostas aprovados no Programa Sinapse da Inovação, do Governo do Estado, via Fapeam, em parceria com a Fundação Centros de Referência em Tecnologias Inovadoras (Certi). Com a aprovação no Sinapse, o estudante pretende, até 2016, lançar o óculos de realidade virtual com cenários que remetam a pontos turísticos de Manaus. Após ser aprovado no Sinapse, a iniciativa foi apresentada durante a 12ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT), no Amazonas.

 “Vamos melhorar o desenvolvimento do produto, nas questões de design e ergonomia. Depois, pretendemos trabalhar na elaboração de aplicativos de realidade virtual e também na produção de conteúdo. Estamos em tratativas para firmar parceria com a Secretaria de Estado da Cultura (SEC) para mapear todos os locais históricos e turísticos de Manaus e inserir esses cenários em realidade virtual”, disse Gabriel de Oliveira.

Sobre o Sinapse da Inovação – O Programa é uma realização do governo do Estado, via Fapeam, em parceria com a Fundação Certi, com o objetivo de apoiar 40 propostas inovadoras de estudantes, pesquisadores, professores e profissionais dos diferentes setores do conhecimento e econômicos com recursos na ordem de R$ 50 mil para o desenvolvimento de negócios e/ou produtos de sucesso.

Publicidade de Exemplo

About PORTAL DO AMAZONAS

Redação (92) 3877-4538 [email protected]

Veja Também

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Publicidade de Exemplo