FOTO: DIVULGAÇÃO/PC-AM

 

A equipe de investigação da Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (Derfv), sob o comando do delegado titular da unidade policial, Rafael Allemand, deflagrou no começo da tarde da última terça-feira (31/10), por volta de meio-dia, operação que resultou na prisão de Rodrigo Macedo Simas, 32 anos. O fato ocorreu na casa onde ele morava, na rua Júlio Ribeiro, na segunda etapa do bairro Compensa, zona oeste da capital.

De acordo com a autoridade policial, a operação foi deflagrada com o intuito de recuperar carros desviados em 2016 de franquia de uma rede de locadoras de veículos, que atua na capital. Ao longo das diligências em torno do caso, Rodrigo foi abordado em sua residência e durante revista no interior do imóvel foram encontrados uma pistola ponto 40 de uso restrito, dez munições de calibre ponto 40, cinco munições de calibre 380, além de uma carteira funcional falsa, fardamento da Policia Militar do Amazonas (PMAM), e um colete balístico.

“Estamos investigando o caso há dois meses e constatamos que Rodrigo, além de se passar por policial militar, também atuava como oficial de Justiça. Ele abordava proprietários de veículos com pendência judicial e era integrante de uma quadrilha especializada em roubos de veículos que atua na capital. Na residência dele, encontramos um carro da marca Renault, modelo Logan, de cor prata e placas AZE-3857, pertencente a rede de locadoras citada acima. Além disso, o infrator usava o fardamento e a arma para praticar atos criminosos”, Allemand.

O delegado ressaltou, ainda, que há indícios de possível participação de servidores públicos estaduais que ajudam nas informações acerca de veículos circulando de forma irregular na capital. “Continuaremos as investigações em torno do caso para que possamos desarticular essa associação criminosa que está roubando carros e se passando por policiais e oficiais de Justiça”, declarou.

Na especializada Rodrigo foi autuado em flagrante por uso documento falso; receptação; posse ou porte irregular de arma de fogo de uso restrito, e posse irregular de munição de uso restrito. Ele será indiciado, ainda, por usurpação de função pública e roubo. Após os procedimentos cabíveis na Derfv, o infrator será levado para Audiência de Custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, no bairro São Francisco, zona sul.

 

COMPARTILHAR