FOTOS: CLÓVIS MIRANDA/SECOM

“É um oásis plantando dentro desta bela cidade de Urucará. É a construção do futuro. É a bandeira do futuro”. A frase dita pelo governador Amazonino Mendes, nesta sexta-feira (29/06), marcou a inauguração do primeiro Centro Integrado de Educação em Tempo Integral (Ceti) de Urucará (a 281 quilômetros de Manaus), a unidade mais moderna do interior do estado e que leva o nome do ex-prefeito urucaraense, Pedro Geraldo Raimundo Falabella.

Na Calha do Baixo Amazonas desde a última quinta-feira (29/06), onde acompanha o Festival Folclórico de Parintins, o governador Amazonino Mendes assinou ainda a ordem de serviço para o pacote de obras de revitalização do sistema viário de Urucará, orçado em R$ 7.473.443,04.

O Ceti é resultado dos recursos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), por meio do Programa de Aceleração do Desenvolvimento Educacional do Amazonas (Padeam), que, por sinal, foi reativado na nova gestão do governador Amazonino Mendes. O novo modelo de educação do Amazonas está orçado em R$ 15 milhões.

De acordo com o governador, a escola de tempo integral, é um dos melhores meios de ensino para a juventude amazonense. Ele relembrou que, em uma de suas gestões, construiu duas unidades em Manaus, as escolas Petrônio Portela e Marcantônio Vilaça.

“Isso aqui é um avanço gigantesco. No mundo moderno, mesmo nos países desenvolvidos, a educação é de tempo integral. E o Brasil mais do que nunca precisa disso, um grande sonho, um velho sonho, de um grande político brasileiro chamado Leonel Brizola. E isso sempre me chamou a atenção tanto que nos meus últimos governos começamos embrionariamente esse trabalho com duas escolas de tempo integral. E agora volto ao governo e encontrei tudo parado, escola em tempo integral com escola, com recursos, com dinheiro, mas estava tudo parado”, comentou o governador.

Novos talentos – Aos jovens, professores e moradores urucaraenses, Amazonino Mendes destacou que a unidade vai formar novos talentos que ganharão o Amazonas no futuro. A capacidade da escola, que conta 24 salas de aulas climatizadas, laboratórios de informática e ciências, biblioteca, piscina, campo de futebol, quadra poliesportiva, tem a capacidade de comportar até mil alunos.

“Aqui será a matriz, espero, da libertação de muitos jovens. Segundo os dados, temos capacidade de quase mil alunos. São mil jovens. A beleza da escola está, mas o que me empolga é a diversidade que terá aqui. Aqui vamos descobrir vários talentos. Não apenas na questão da inteligência educacional, mas também alunos no setor de esportes e outras atividades”, informou Amazonino.

Novo tempo na educação do Amazonas – De acordo com a secretária de Relações Institucionais e coordenada do Padeam, Nafice Bacre Valois, o novo Ceti inaugura um novo tempo na educação do Amazonas. “O governador Amazonino promoveu várias reuniões para fazer ressuscitar um programa que foi contratado pelo estado do Amazonas com BID, há 4 anos. Um programa belíssimo, que inclui essa magnifica estrutura que está sendo colocada em vários municípios. Além da estrutura, incluiu uma revolução na área pedagógica, com novos treinamentos, reciclagens de professores, novas técnicas de ensino, para impulsionar a educação em Urucará”, salientou Valois.

Para o secretário estadual de Educação e Qualidade do Ensino, Lourenço Braga, o Ceti Urucará causará uma revolução no interior do estado. “A educação começa um novo estágio, de muita qualidade pedagógica. Porque as atenções destinadas aos alunos num Ceti são maiores, com muito mais tempo para trabalhar a relação professor x aluno, escola x família”, frisou o secretário.

Sistema viário – Além do novo modelo educacional do Amazonas, o governador Amazonino Mendes assinou a ordem de serviço do pacote de obras para a recuperação do sistema viário do município. A obra está orçada em R$ 7.473.443,04, e prevê a realização de serviços de terraplanagem, reforço de base e sub-base, pavimentação em CBUQ, drenagem, calçada e meio-fio em 35 ruas de sete bairros da sede do município, em um total de 20,62 quilômetros de obra.

O secretário de Infraestrutura, Oswaldo Said, informou que o Governo do Amazonas executa obras em aproximadamente 30 municípios e Urucará receberá uma revitalização total das ruas. “E praticamente vamos asfaltar quase que 100% da cidade”, frisou.

Setor primário – De passagem pela rádio Urucará FM, Amazonino Mendes anunciou aos moradores os investimentos que serão realizados pela Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror), no município. Os produtores rurais terão acesso a 18 grupos geradores, 70 roçadeiras, sete triciclos, 230 casa de farinha, 430 motores estacionários, 250 kits de ferramenta, um caminhão, 490 kits de ferramenta e 200 motores tipo rabetas.

COMPARTILHAR