Foto: Divulgação/COSAMA

O Governo do Amazonas, por meio da Companhia de Saneamento do Amazonas (Cosama), retomou as visitas técnicas aos municípios do interior, após anos de abandono. As primeiras visitas aconteceram em Autazes e Manaquiri. O presidente da Cosama, Armando do Valle, explicou que as visitas tiveram por objetivo verificar as condições e as atividades desenvolvidas pelos colaboradores nos municípios.

“É lamentável ver o interior abandonado por tanto tempo, pessoas trabalhando com equipamentos antigos, escritórios com estruturas deterioradas, além dos funcionários com salários que não condizem com a função que exercem. É determinação do governador Wilson Lima valorizar o interior e oferecer um serviço de qualidade à população amazonense”, enfatizou Armando do Valle. Na ocasião, o gestor conheceu toda a estrutura dos escritórios regionais, processos e armazenamento da água, realizou reuniões e anunciou melhorias.

Em Manaquiri, com a deterioração do prédio e o reservatório principal sem funcionamento, as condições são ainda piores. A gerente Marliete Vilhena relata que outro grande problema é a inadimplência dos consumidores. “Não tínhamos comando, nos sentíamos realmente abandonados, agora, com esse novo Governo estamos vendo que muita coisa vai mudar para melhor no interior”, concluiu.

Em Autazes, a laboratorista Eliane Sales executa uma das principais funções na Companhia, que é garantir que todos os processos de purificação da água sejam realizados. “Até chegar à casa do consumidor a água precisa passar por, pelo menos, cinco processos até que fique própria para o consumo. É um trabalho árduo e que durante anos nos sentíamos abandonados. Com essa nova gestão estamos nos sentindo valorizados e estimulados a realizar cada vez mais um serviço de qualidade”, afirmou Eliane.

O presidente da Cosama adiantou que outros 10 municípios receberão a visita institucional. “Vamos ampliar os atendimentos e melhorar a estrutura da Cosama, organizando os escritórios e realizando treinamentos para capacitar os técnicos, com o objetivo de prestar um melhor serviço ao estado”, ressaltou Armando do Valle.

Companhia – A Cosama está presente em 12 dos 62 municípios do Estado do Amazonas. Suas atividades incluem a realização de estudos, projetos e execução de obras relativas a novas instalações e ampliação de redes de água para consumo humano. Cabe também à companhia fixar as tarifas e taxas dos seus serviços, arrecadá-los e ajustá-los periodicamente para fazer frente à diminuição de seus investimentos e pagar seus custos de operação e manutenção, além de permitir acumular reservas para financiar a expansão de suas atividades.

COMPARTILHAR