Fotos: Divulgação Semsa

Com 906 casos confirmados e 6.388 casos suspeitos de sarampo, a Prefeitura de Manaus alerta a população para que não deixe de tomar a vacina tríplice viral, que protege também contra caxumba e rubéola. A imunização é intensificada pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) em todas as 183 salas de vacina de Manaus e o público-alvo são pessoas na faixa etária de seis meses a 49 anos.

Durante reunião de representantes da Sala Municipal de Situação de Vigilância em Saúde, realizada nesta terça-feira, 18/9, a subsecretária de Gestão da Saúde da Semsa, Adriana Elias, destacou a necessidade de que adolescentes e jovens adultos procurem uma Unidade de Saúde para se imunizar contra a doença.

“Entre todos os casos notificados de sarampo, 50,3% foram registrados entre pacientes na faixa etária de 15 a 29 anos de idade. É uma tendência que vem sendo mantida nas últimas semanas epidemiológicas e, por isso, é importante que adolescentes e adultos jovens procurem uma das 183 salas de vacina do município para se imunizar”, alerta Adriana Elias.

De acordo com dados do 28º Informe Epidemiológico de Monitoramento do Sarampo, divulgado pela Semsa na última segunda-feira, 17/9, Manaus conta com 7.690 notificações da doença, que incluem os novos casos suspeitos da doença, abrangendo os 906 confirmados, 396 descartados e 6.388 em investigação (aguardando resultado laboratorial).

A análise feita pela Sala de Situação, informa Adriana Elias, apontou ainda que, nas últimas seis semanas epidemiológicas, foi observado uma redução no número de novos casos suspeitos notificados pelos serviços de saúde.

“Tem sido uma redução sustentável a cada semana, já resultado das ações segunda etapa do plano de combate ao sarampo, iniciada no mês de julho. Porém, ainda precisamos aguardar uma análise completa com, pelo menos, 10 semanas epidemiológicas para qualificar as informações e, assim, avaliar a sustentabilidade dessa redução. O importante é manter o alerta, continuar as ações de vigilância epidemiológica e de divulgação entre a população sobre os serviços de imunização nas 183 salas de vacina, garantindo o controle da doença em Manaus”, reforça a subsecretária.

As ações de vacinação contra o sarampo, realizadas por meio de Campanha direcionada para a faixa etária de seis meses a cinco anos, atingiu 106,9% da meta, com a vacinação de 204.837 crianças. A Semsa também já registrou aplicação de 495.155 doses de vacina contra a doença, entre as ações de rotina nas Unidades de Saúde, com primeira e segunda dose, e ações de intensificação, varredura e bloqueios vacinais.

Dados

O 28º Informe Epidemiológico de Monitoramento do Sarampo aponta que, das 7.690 notificações de sarampo, 26,8% estão na faixa etária de 20 a 29 anos, seguida da faixa etária de 15 a 19 anos (23,5%), de 30 a 49 anos (15,4%) e menores de um ano (14,3%).

Entre os 906 casos confirmados, que já passaram por análise laboratorial, a faixa etária mais atingida ainda é a de menores de um ano (24,7%), seguida das faixas de 20 a 29 anos (19,8%) e de um a cinco anos (19,8%), e de 15 a 19 anos com 13,8% do total de confirmações.

COMPARTILHAR