“Vai passar nessa avenida um samba popular” ….

Enquanto milhares de brasileiros precisam sobreviver com um salário mínimo, o país ostenta no carnaval.

No desfile das escolas do grupo especial de São Paulo, no Anhembi, os brincantes de carnaval, vão apreciar em somente uma pessoa, vestindo uma micro fantasia, o samba na cara dos menos afortunados, uma endumentária de uma bagatela de 40 mil reais.

A madrinha dos compositores da agremiação X9 Paulista, Ana Paula Ferrari, vai desfilar  ostentado a riqueza, literalmente “sambando na cara da pobreza”,  aqueles que não tem nem para o pão.

“Esse ano minha fantasia está avaliada em mais de 40 mil reais, com muitos cristais vermelhos Swarovski e penas vermelhas de faisões, entre outros acabamentos.Vou usar uma segunda pele ilusion, dando a impressão de que as pedras estão coladas diretamente no meu corpo. Também piso na avenida com um detalhe mínimo na frente que parece um tapa sexo, mas não será! É apenas um detalhe sensual todo cravejado em cristais Swarovski cuidadosamente desenvolvido pela minha estilista, a Paula Guedes”, disse a dindinha da bateria.

 

COMPARTILHAR