A Sessão Solene de posse do governador eleito Wilson Lima (PSC) e do vice-governador Carlos Alberto Almeida (PRTB), marcada para o dia 1º de janeiro de 2019, a partir das 17h, no Teatro Amazonas, já tem toda a programação definida e o ritual organizado pela equipe multissetorial da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), responsável pela posse e transmissão de cargo do Poder Executivo, e cuja sede foi transferida para o local e data por meio de Resolução Legislativa.

De acordo com o roteiro elaborado pela organização do evento, o governador eleito Wilson Lima, acompanhado da primeira-dama Taiana Lima, será recepcionado em sua chegada ao Teatro Amazonas pelo presidente do Poder Legislativo, deputado David Almeida (PSB) e esposa, enquanto a recepção ao vice-governador Carlos Alberto Almeida e esposa será feita pelo vice-presidente da Aleam, deputado Abdala Fraxe (Podemos).

A Sessão do Legislativo, presidida pelo deputado David Almeida, contará com a presença dos 24 deputados estaduais da 19ª Legislatura, que encerrarão seus mandatos somente no dia 31 de janeiro de 2019. Para a solenidade, que é maior evento político do Amazonas, são esperadas as presenças de 700 pessoas, entre autoridades, convidados do governador eleito e do vice, além de familiares, e profissionais dos meios de comunicação, todos devidamente convidados ou credenciados.

A mesa da Sessão de posse ao governador e vice eleitos será composta por líderes partidários, representantes do Poder Judiciário, do Tribunal de Contas do Estado (TCE-AM), da Prefeitura Municipal de Manaus (PMM), da Câmara Municipal de Manaus (CMM), da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Arquidiocese de Manaus, Exército, Marinha e Aeronáutica.

O cerimonial de posse do governador e vice consiste em recepção pelo presidente e vice do Legislativo e do Judiciário, abertura da Sessão Solene, posse do novo governador e seu vice pelo presidente David Almeida, quando ambos farão o juramento constitucional. Em seguida haverá a transmissão de cargo entre os chefes do Executivo, quando o governador atual Amazonino Mendes (PDT) passa a faixa ao governador empossado Wilson Lima, que fará o primeiro discurso como governador do Amazonas.

COMPARTILHAR