O Carrefour firmou  acordo com o Ministério Público do Estado de São Paulo e Município de Osasco em prol da causa animal, após episódio ocorrido em sua loja de Osasco (SP), no ano passado.

O supermercado terá de depositar R$ 1 milhão em um fundo, criado pelo município de Osasco, pela agressão de um segurança que resultou na hemorragia que causou a morte de manchinha em 28 de novembro de 2018.

Sendo que do valor acordado depositado, R$ 500 mil serão destinados exclusivamente à esterilização de cães e gatos; R$ 350 mil para a compra de medicamentos para animais do Hospital Municipal Veterinário ou que estejam no canil municipal e R$ 150 mil para a aquisição e entrega de rações para associações, ONGs e demais entidades destinadas ao cuidado de animais na cidade de Osasco.

Ainda segundo a decisão, caso o supermercado Carrefour descumpra o acordo, será multado em R$ 1 mil por dia de atraso no cumprimento do depósito e o município de Osasco será alvo de investigação por ato de improbidade administrativa na hipótese de não atender ao termo.

COMPARTILHAR