FOTOS: BRUNO ZANARDO/SECOM

Um mutirão de serviços de cidadania para pessoas idosas acontece até esta quarta-feira (13/06) na sede da Delegacia Especializada em Crimes contra o Idoso (DECCI), localizada no bairro Parque Dez, zona centro-sul de Manaus. Incluído na programação alusiva ao Dia Internacional de Conscientização contra a Violência aos Idosos, que é no dia 15, o evento oferece atendimentos jurídicos, psicossociais e emissão de documentos e tem a proposta de chamar a atenção para a garantia de direitos da terceira idade.

Esta é a primeira edição do mutirão de cidadania, realizado pelo Governo do Amazonas, em parceria entre a Polícia Civil, Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc) e Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM). O vice-governador do Estado, Bosco Saraiva, esteve no evento nesta terça-feira e destacou a importância da mobilização contra a violência contra o público da terceira idade. “É fundamental que a sociedade se organize e que a delegacia consiga congregar os demais órgãos para acender o sinal vermelho, se for necessário, para conduzir todos ao dever que a sociedade tem que proteger os idosos”, pontuou Bosco Saraiva.

Entre janeiro e maio deste ano, Manaus registrou 5.532 crimes contra idosos, segundo dados da Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM). A maioria dos casos foi de roubos e furtos, totalizando 2.177 ocorrências. Crimes de injúria (614), ameaças (586), perturbação da tranquilidade (371), estelionato (152) e lesão corporal (124) foram os mais notificados à polícia. Ano passado, a capital teve 13.239 crimes registrados contra pessoas da terceira idade.

Para a delegada titular da especializada em crimes contra o Idoso, Ivone Azevedo, os casos têm aumentado ano a ano e isso também é reflexo da maior disseminação de informações sobre os crimes contra os idosos. Além de inibir a prática, o efeito de campanhas e ações de mobilização é, justamente, ampliar o número de registro de casos. Isso porque alertam as vítimas que situações enfrentadas na rotina podem ser um caso de polícia que precisa ser informado às autoridades. “A gente trabalha o lado criminal aliado com o psicossocial porque muitas vezes os idosos não têm consciência de que aquela situação que eles estão passando é um crime”, disse a delegada. Ao lado da DECCI, funciona o Centro Integrado de Defesa da Pessoa Idosa (CIPID), que atua no atendimento psicossocial das vítimas e familiares.

“O idoso vindo ao CIPID é atendido por uma equipe técnica. Identificado o problema, não só ele é acompanhado, como a família também é avaliada e passa por acompanhamento psicossocial”, explicou o secretário executivo da Sejusc, Júlio Ramon.

Para denúncias de casos de violação de direitos da pessoa idosa, é preciso procurar a DECCI, localizada na rua do Comércio, no Parque Dez. Denúncias anônimas podem ser feitas, ainda, através do Disque 100 e do telefone 181, o disque denúncia da SSP-AM. Todos os casos são encaminhados para investigação na Delegacia do Idoso.

 Serviços – Emissão e renovação da Carteira do Idoso, do RG, renovação de Certidão de Nascimento, cadastro e informações do Programa Bolsa Família, mantido pelo Governo Federal, além de atendimentos psicossocial e jurídico são alguns dos serviços oferecidos na Delegacia do Idoso durante a ação de cidadania. Também estão acontecendo rodas de conversação, onde serão debatidos temas distintos, como conflitos no âmbito familiar.

A dona de casa Izailda Maria do Nascimento, 63, foi tirar a primeira via do passe livre para utilizar o transporte coletivo. Ela aprovou a ação e disse que é preciso chamar mais a atenção para os crimes contra idosos. “Deve ser sempre tratado para conscientizar da importância de tratar bem os nossos idosos, como me tratar bem, porque eu também sou idosa”, disse.

“Esse tipo de ação nos remete a necessidade de termos consciência a cerca da responsabilidade de todos nesse combate da violência contra os idosos. É preciso enfrentar esse tema e não é só quando chega a uma delegacia, a um CRAS (Centro de Referência e Assistência Social), tem que ocorrer na sociedade como um todo o respeito à dignidade da pessoa humana, dos idosos”, afirmou a secretária executiva de Segurança Pública, Juliana Tuma.

Além da Ação de Cidadania na DECCI, nesta quarta-feira (13/06), a Sejusc estará realizando a emissão de credenciais de estacionamentos para idosos no Millenium Shopping, na Avenida Djalma Batista. A atividade ocorrerá de 8h às 14h. É preciso levar cópias e originais do RG, CPF e comprovante e residência. O documento é emitido e entregue na hora.

 

COMPARTILHAR